Prefeito e vice de Iguatu têm mandato cassado pela Justiça Eleitoral e ficam inelegíveis

Compartilhe

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-CE) decidiu cassar por maioria o mandato do prefeito de Iguatu, Ednaldo Lavor (PSD), e do vice-prefeito, Franklin Bezerra (PSDB), por abuso de poder político nas Eleições 2020. Os desembargadores também estabeleceram que a chapa pague uma multa solidária no valor de R$ 50 mil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.