A cearense é um dos 27 nomes selecionados, por sorteio, para fazer um rodízio na apresentação do JN, a partir de 31 de agosto. O noticiário completa 50 anos em 2019.

A jornalista Taís Lopes, da TV Verdes Mares, foi escolhida em sorteio para apresentar uma edição do Jornal Nacional (JN). Maior telejornal do País, o noticiário da Globo contará com um rodízio de apresentadores, a partir de 31 de agosto.

Taís foi a única cearense escolhida para a apresentação. Outros 26 jornalistas, todos vinculados às emissoras afiliadas da Globo, participarão do rodízio: um de cada estado da nação (e o Distrito Federal). A iniciativa vai durar três meses, aos sábados, e celebra os 50 anos de criação do noticiário.

“Receber essa notícia é de muita responsabilidade pra mim. Quero representar da melhor forma possível o meu Ceará nessa iniciativa super bacana de comemoração dos 50 anos do Jornal Nacional. Vai ser um desafio enorme, mas coragem e determinação nunca me faltaram e eu vou dar o melhor de mim”, disse a jornalista.

Pela TV Verdes Mares, Taís Lopes já fez reportagens para as edições do CETV 1ª Edição, Globo Esporte e ainda apresentou o Destaque VM. Hoje, a jornalista apresenta o programa Bom Dia Ceará, ao lado de Leal Mota Filho.

Ela não esconde a expectativa para ocupar a famosa bancada do telejornalismo brasileiro. “O difícil vai ser segurar a emoção ao sentar na bancada mais assistida em todo o Brasil!”, admite.

Relação

CDL Digital 300 x 300

Conforme Gustavo Bortoli, diretor de jornalismo da TV Verdes Mares, a escolha da jornalista para apresentar o Jornal Nacional coroa a relação do noticiário com as emissoras afiliadas da Globo.

Bortoli lembra que Taís Lopes começou no Sistema Verdes Mares como estagiária da TV, hoje é apresentadora da programação local, tem identidade com o público e levará a “cearensidade” para o JN.

“Nós estamos falando do principal telejornal do País, que está completando 50 anos. E se destaca pela longevidade, conquista da audiência e credibilidade. O JN conecta o Brasil, mesmo em tempos tecnológicos. E foi o primeiro a falar para o País inteiro”, reflete.

Confira os demais nomes escolhidos (e seus estados):

Amapá: Aline Ferreira.
Pará: Priscilla Castro.
Rondônia: Ana Lídia Daíbes.
Maranhão: Giovanni Spinucci.
Rio Grande do Norte: Lídia Pace.
Alagoas: Filipe Toledo.
Sergipe: Lyderwan Santos.
Paraíba: Larissa Pereira.
Bahia: Jéssica Senra.
Goiás: Matheus Ribeiro.
Mato Grosso: Luzimar Collares.
Espírito Santo: Philipe Lemos.
Santa Catarina: Fabian Londero.
Rio Grande do Sul: Cristina Ranzolin.
Pernambuco: Márcio Bonfim.
Distrito Federal: Fábio William.
Minas Gerais: Aline Aguiar.
Rio de Janeiro: Mariana Gross.
São Paulo: Carlos Tramontina.
Acre: Ayres Rocha.
Amazonas: Luana Borba.
Roraima: Ellen Ferreira.
Tocantins: Tiago Rogeh.
Piauí: Marcelo Magno.
Mato Grosso do Sul: Lucimar Lescano.
Paraná: Sandro Dalpícolo.

Fonte: DN

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here